02 maio 2011

ENERGIA ELETROMAGNÉTICA

Somos seres eletromagnéticos. Atraímos ou repelimos vibrações como um imã. Vivemos em um oceano eletromagnético pulsante que nos afeta física, mental e espiritualmente na maior parte do tempo, pela tecnologia moderna que geramos em nosso ambiente. São as chamadas frequências magnéticas. Tudo que sua mente pode criar ela pode conceber. “A consciência (tão bem como os metais e os elementos) pode ser transmutada de estado em estado, de grau em grau, de condição em condição, de pólo em pólo, de vibração em vibração. A verdadeira transmutação hermética é uma arte mental" - O Caibalion

A matéria se prende ao que o mundo ensinou e não se abre para novos ensinos que possuem aberturas mentais. Isso faz a humanidade estacionar nas supertições e ignorância.


Ao ler sobre determinado assunto, aprenda, consulte outras vertentes e avalie seu entendimento para depois tirar suas conclusões. Somente assim, fará bom uso de todo conhecimento que chegar.


A LUZ
A luz é a radiação eletromagnética que tem a propriedade de impressionar o olho humano

A luz é somente uma das formas pela qual a radiação eletromagnética se apresenta na natureza.

Existem outros tipos de radiação como raios x, raios gama, radiação infravermelha, radiação ultravioleta, ondas de rádio etc... As radiações eletromagnéticas são determinadas pela sua frequência e consequentemente, pelo seu comprimento de onda, devido a sua natureza ondulatória. A luz caminha com uma velocidade de 3x108 m/s em linha reta. Quando refletida ou refratada, sofre desvio, continuando em seguida o trajeto retilíneo.

Magnetismo - O Campo magnético
Chama-se campmagnético de uma massa magnética à região que envolve essa massa, e, dentro da qual ela consegue exercer ações magnéticas.

O magnetismo está intimamente ligado ao movimento dos elétrons nos átomos, pois uma carga em movimento gera um campo magnético. O número e a maneira como os elétrons estão organizados nos átomos constituintes dos diversos materiais é que vai explicar o comportamento das substâncias quando sobre influência de um campo magnético de uma segunda substância.

Chama-se onda eletromagnética ao conjunto dos campos elétrico e magnético propagando-se pelo espaço.
As ondas eletromagnéticas são sempre produzidas por cargas elétricas aceleradas ou retardadas.

No estudo da Física, o eletromagnetismo (AO:1945 electromagnetismo) é o nome da teoria unificada desenvolvida por James Maxwell para explicar a relação entre a eletricidade e o magnetismo. Esta teoria baseia-se no conceito de campo magnético.
O campo magnético é resultado do movimento de cargas elétricas,ou seja, é resultado de corrente elétrica. O campo magnético pode resultar em uma força eletromagnética quando associada a ímãs. A variação do fluxo magnético resulta em um campo elétrico (fenômeno conhecido por indução eletromagnética, mecanismo utilizado em geradores elétricos, motores e transformadores de tensão). Semelhantemente, a variação de um campo elétrico gera um campo magnético. Devido a essa interdependência entre campo elétrico e campo magnético, faz sentido falar em uma única entidade chamada campo eletromagnético.

A Radiação Eletromagnética
A radiação eletromagnética é uma oscilação, em fase, dos campos elétricos e magnéticos. As oscilações dos campos magnéticos e elétricos são perpendiculares entre si e podem ser entendidos como a propagação de uma onda transversal, onde as oscilações são perpendiculares à direção do movimento da onda (como as ondas da superficie de uma lâmina de água), que pode se deslocar através do vácuo, ou entendidos como o deslocamento de pequenas partículas, dentro do ponto de vista quântica, chamadas fótons.
O espectro visível, ou simplesmente luz visível, é apenas uma pequena parte de todo o espectro da radiação eletromagnética possível, que vai desde as ondas de rádio aos raios gama. A existência de ondas eletromagnéticas foi prevista por James Clerk Maxwell é confirmada
experimentalmente por Heinrich Hertz. A radiação eletromagnética encontra aplicações como a radiotransmissão, seu emprego no aquecimento de alimentos (fornos de microondas), em lasers para corte de materiais ou mesmo na simples lâmpada incandescente.
A radiação eletromagnética são ondas que se auto-propagam pelo espaço. Parte de todo o espectro consegue ser interpretada através do olho dos diversos animais e, para cada espécie, denomina-se essa fatia de luz ou luz visível. A radiação eletromagnética compõe-se de um campo elétrico e um magnético, que oscilam perpendicularmente um ao outro e à direção da propagação de energia. A radiação eletromagnética é classificada de acordo com a frequência da onda, que em ordem decrescente da duração da onda são: ondas de rádios, micro-ondas,radiação terahertz (Raios T), radiação infravermelha, luz visível, radiação ultravioleta, Raios-X e Radiação Gama.

Propriedades

Os campos eléctrico e magnético obedecem aos princípios da superposição, sendo assim, seus vectores se cruzam e criam os fenómenos da refracção e da difracção. Uma onda electromagnética pode interagir com a matéria e, em particular, perturbar átomos e moléculas
que as absorvem, podendo os mesmos emitir ondas em outra parte do espectro. Também, como qualquer fenômeno ondulatório, as ondas electromagnéticas podem interferir entre si. Sendo a luz uma oscilação, ela não é afectada pela estática eléctrica ou campos magnéticos de uma outra onda electromagnética no vácuo. Em um meio não linear como um cristal, por exemplo, interferências podem acontecer e causar o efeito Faraday, em que a onda pode ser dividida em duaspartes com velocidades diferentes. Na refracção, uma onda transitando de um meio para outro de densidade diferente, tem alteradas sua velocidade e direcção (caso essa não seja perpendicular à superfície) ao entrar no novo meio. A relação entre os índices de refracção dos dois meios determina a escala de refração medida pela lei de Snell (n1.sen i = n2.sen r , i = ângulo de incidência, r = ângulo de refração). A luz se dispersa em um espectro visível porque a luz é reflectida por um prisma por causa da refração. As características das ondas electromagnéticas demonstram as propriedades de partículas e da onda ao mesmo tempo, e se destacam mais quando a onda é mais prolongada.

Efeitos biológicos

O efeito biológico mais óbvio das ondas eletromagnéticas se dá em nossos olhos: a luz visível impressiona as células do fundo de nossa retina, causando a sensação visual. Porém, existem outros efeitos mais sutis.Sabe-se que em determinadas frequências, as ondas eletromagnéticas podem interagir com moléculas presentes em organismos vivos, por ressonância. Isto é, as moléculas cuja frequência fundamental seja a mesma da onda em questão "captam" esta oscilação, como uma antena de TV. O efeito sobre a molécula depende da intensidade (amplitude) da onda, podendo ir o simples aquecimento à modificação da estrutura molecular. O exemplo mais fácil de ser observado no dia-a-dia é o de um forno de micro-ondas: as micro-ondas do aparelho, capazes de aquecer a água presente nos alimentos, têm exatamente o mesmo efeito sobre um tecido vivo. Os efeitos da exposição de um animal a uma fonte potente de micro-ondas podem ser catastróficos. Por isso se exige o isolamento físico de equipamentos de telecomunicações que trabalham na faixa de micro-ondas, como as estações rádio-base de telefonia celular.

Mas assim como as micro-ondas afetam a água,
ondas em outra frequência de ressonância podem afetar uma infinidade de outras moléculas. Já foi sugerido que a proximidade as linhas de transmissão teria relações com casos de câncer em crianças, por via de supostas alterações no DNA das células, provocadas pela prolongada exposição ao campo eletromagnético gerado pelos condutores.Também já se especulou se o uso excessivo do telefone celular teria relação com casos de câncer no cérebro, pelo mesmo motivo. Até hoje, nada disso foi provado.

Também já foram feitas experiências para analisar o efeito de campos magnéticos sobre o crescimento de plantas, sem nenhum resultado conclusivo.
Existem equipamentos para a esterilização de lâminas baseados na exposição do instrumento a determinada radiação ultravioleta, produzida artificialmente por uma lâmpada de luz negra.
Considerações finais:
É preciso ter cuidado com a visão do Mundo, porque em alguns ela chega com uma amplitude diferente. Simplesmente observo e absorvo o que tem utilidade. O fato é os que lêem certas informações ( sem o filtro interno), tiram conclusões que não condiz com a lógica, então pronto! São feitos enganos além dos que já existem, que fazem mais mal que bem, gerando pensamentos viciosos a humanidade.

Ter informação sobre tudo aumenta as chances para lidar com uma série de ambientes diferentes, sabendo discernir o que para nós é bom ou não.
Somos “seres que vibram”, tudo e todos formados de átomos, de acordo com a freqüência do eletromagnetismo manifestado em momentos e direções alternadas possuímos uma energia diferente em cada situação.

A vibração ponderada precisa ser mantida em magnitude e projeção de pensamento firme, sem alterações.

Cada um deve buscar a fonte dessa força vibracional na essência do seu ser; temos campos magnéticos diferentes uns dos outros, porém viemos da mesma Energia Cósmica Universal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores